A Casa de Jajja

Por Mariana Montag

O projeto A Casa de Jajja é sobre afeto e arquitetura, como prática emancipadora. Estudamos moradias autoconstruídas por mulheres em zonas rurais. A proposta do projeto é pensar possibilidades de técnicas construtivas que reivindiquem o status quo. Através da prática - construindo suas próprias casas - questionaremos os papéis de gênero incutidos na construção e no direito à moradia. 

A primeira casa será em Kikajjo - vilarejo rural em Uganda, África. Construiremos junto da Jajja - uma mulher de 75 anos de muita força e fé. Para a viabilização do primeiro protótipo abrimos uma campanha de financiamento coletivo.

Assim como Jajja, as mulheres do vilarejo de Kikajjo cuidam de todos e todas, mas mulheres fortes também precisam ser cuidadas e voltarem a seus lares interiores. As vozes femininas do vilarejo rural de Kikkajo não são as únicas que não estão sendo escutadas, as mulheres rurais estão por todos os cantos do mundo trabalhando como força humana fundamental para sustentar nosso sistema.

O projeto da Casa de Jajja incia-se com o protótipo em Kikajjo, mas tem a possibilidade e intenção de se replicar para as mulheres e seus lares pelo mundo.

Recebemos uma ótima notícia. Ganhamos um concurso de projetos da Bauhaus - escola Alemã - sobre ideias inovadoras para se pensar o futuro. 

Para mais informações seguem os links:

Site: A Casa de Jajja

Ig: @acasadejajja

Financiamento coletivo: Benfeitoria  

Esperamos contar com vocês para contribuição e compartilhamento! Muito obrigada! 

Marcela Zanon